PSQ na prática: como usar o programa

O PSQ (Programa Setorial da Qualidade) é um programa específico para aferir e assegurar a qualidade de cada material utilizado numa obra e está dentre os aspectos mais relevantes do Programa Brasileiro da Produtividade e Qualidade do Habitat (PBQP-H). Vamos te mostrar como utilizar o PSQ na prática para melhorar a qualidade das suas obras. 

Entenda o que é o PSQ e sua importância para o setor da construção.  Você encontrará dicas de como consultar PSQ e sua conformidade em cada fornecedor!

O que é PSQ?

Como o próprio nome diz, os Programas Setoriais da Qualidade são iniciativas que visam a manter um nível de qualidade mínimo dentro do setor da construção. O PSQ é um acordo entre os atores de determinado segmento para se autorregularem. Assim, por meio de entidades de classe, associações, instituições públicas ou privadas ou autarquias se dá a regulamentação.

Então, o PSQ na prática é o estabelecimento de requisitos de qualificação comuns a todos os fornecedores que fazem parte daquela cadeia. Como tais convenções são assinadas por todas as partes interessadas – cadeia produtiva e compradores -, é natural que a regulamentação também seja feita em conjunto.

psq-01

 

Você já deve ter percebido que o PSQ é uma iniciativa do setor da construção para melhorar a qualidade e também um instrumento de regulação do mercado.+

Para que serve o PSQ na prática?

Afinal, como visam à regulação a partir de critérios de qualidade, os PSQs criam barreiras de entrada a fornecedores não qualificados.

Assim, é unânime que os PSQs visam ao desenvolvimento tecnológico setorial. Entretanto, o efeito colateral é que o PSQ na prática exclui do mercado algumas empresas. Justamente aquelas que poderiam promover competição predatória por meio da oferta de produtos não conformes e, possivelmente, perigosos para a sociedade.

Por outro lado, fornecedores qualificados são beneficiados. Não somente quando já estão dentro dos padrões de qualidade determinados. Afinal, aqueles que têm a intenção de melhorar a qualidade de sua produção encontram nos PSQs referências.

Com isso, o PSQ orienta os fornecedores a quais critérios observar para acompanhar a evolução do mercado e, assim, se tornarem competitivos.

Dentro das construtoras, os diversos PSQs promovem ganhos expressivos de produtividade. Afinal, como determinam o desempenho de cada material individualmente, acabam por levar à redução de perdas ao longo de cada processo. Com materiais mais conformes, a mão de obra consegue se enquadrar em processos sistematizados de produção. O resultado é uma consequente e expressiva melhoria da produtividade e redução de desperdício.

Caso você seja um comprador de uma construtora, é bem possível que a essa altura esteja se perguntando quais os impactos do PSQ na prática do seu trabalho, certo?

PSQ para construtoras

Imagine que sua construtora adquiriu, recebeu e instalou 300 portas que estavam com um preço muito atrativo. Abaixo da média de mercado. No entanto, tal  obra é financiada pela Caixa Econômica Federal. Na vistoria, os fiscais da instituição bancária perguntam pelo laudo PSQ das portas. Caso ele não exista, os produtos terão que ser trocados sob o risco de a obra ser embargada pela financiadora.

Afinal, a Caixa exige o laudo de conformidade do PSQ para obras por ela financiadas. Entenda melhor sobre isso no nosso artigo sobre Caixa para construçãoHá casos de construtoras que, para aproveitar oportunidade de ocasião, adquiriram metais sanitários sem PSQ importados da China a um custo muito competitivo. Com os materiais reprovados pela Caixa, foi necessário remover as peças e refazer toda a compra gerando atrasos e estouro de orçamento para esse item.

O problema é ainda mais grave quando não se trata de material de acabamento. Com tal exemplo, fica comprovada a importância do PSQ na prática, não é mesmo? Mas e como não correr esse risco?

psq-02

 

Como consultar o PSQ

Todos os PSQs estão listados no site do Ministério das Cidades.

Uma vez no site, basta procurar pelo PSQ desejado.

Atualmente, existem 24 Programas Setoriais da Qualidade:

  • Aparelhos Economizadores de Água
  • Argamassa Colante
  • Barras e Fios de Aço
  • Blocos Cerâmicos
  • Blocos Vazados de Concreto com Função Estrutural e Peças de Concreto para Pavimentação
  • Cimento Portland
  • Componentes para Sistemas Construtivos em Chapas de Gesso para Drywall
  • Eletrodutos Plásticos para Sistemas Elétricos de Baixa Tensão em Edificações
  • Esquadrias de Aço
  • Esquadrias de PVC
  • Fechaduras
  • Geotêxteis Não tecidos
  • Louças Sanitárias para Sistemas Prediais
  • Metais Sanitários
  • Painéis de Partículas de Madeira (MDP) e Painéis de Fibras de Madeira (MDF)
  • Perfis de PVC para Forros
  • Pisos Laminados Fornecidos em Réguas
  • Placas Cerâmicas para Revestimento
  • Portas e Janelas de Correr de Alumínio
  • Reservatórios Poliolefínicos para Água Potável de Volume até 3.000 L (inclusive)
  • Telhas Cerâmicas
  • Tintas Imobiliárias
  • Tubos de PVC para Infra-Estrutura
  • Tubos e Conexões de PVC para Sistemas Hidráulicos Prediais

Dentro da página do respectivo PSQ você vai encontrar um resumo executivo sobre a finalidade do programa, o indicador de conformidade de mercado e os documentos relacionados. É nessa sessão de documentos em que você vai encontrar as informações que precisa para aplicar o PSQ na prática.

psq-site

Ali é possível acompanhar, por exemplo, os relatórios setoriais, com o panorama geral de cada indústria. Entretanto, o mais importante para fazer valer o PSQ na prática é o documento de Classificação das Empresas. Ali estão listadas todas as empresas que fazem parte do PSQ, as conformes e as não conformes.

Esses documentos são atualizados periodicamente, pois uma empresa conforme pode se desenquadrar ao longo do tempo ou vice-versa.

PSQ para fornecedores

Há diversas perguntas frequentes relacionadas aos PSQs e ao PBQP-H como um todoPara os fornecedores, é importante saber que os PSQs não têm poder de certificação!

A função do PSQ na prática é combater não conformidades intencionais por parte dos fabricantes em relação às normas técnicas na fabricação de materiais, componentes e sistemas construtivos. Com isso, a finalidade é estimular a qualificação das empresas fabricantes para promover um ambiente de isonomia competitiva entre elas.

Caso uma empresa fornecedora tenha intenção de participar de um Programa Setorial da Qualidade ela deve entrar em contato com a entidade mantenedora do mesmo. Os contatos de todas as entidades mantenedoras está disponível no site do Ministério das CidadesCaso algum fabricante ou entidade queira criar um novo PSQ, há algumas regras a serem seguidas, determinadas pelo PBQP-H.

Primeiro, é preciso haver uma entidade setorial nacional e que esta represente mais de 50% do volume de produção do produto a ser monitorado. Então, tal entidade precisa apresentar uma proposta de criação do novo PSQ à Coordenação Geral do PBQP-H com base em requisitos do Sistema de Qualificação de Materiais, Componentes e Sistemas Construtivos (SiMaC).

A partir da avaliação do PBQP-H é que se dará ou não a criação do novo Programa Setorial da Qualidade.

psq-03

 

Conclusão

Seja para fornecedores ou construtoras, é muito importante não apenas conhecer, mas aplicar os princípios do PSQ na prática. A iniciativa do PSQ tem auxiliado a construção civil brasileira a evoluir e a ganhar a confiança dos consumidores. Por meio de programas setoriais como esses, empresas não qualificadas têm perdido espaço. Com isso, o mercado se tornou mais saudável e a competitividade ganhou foco em questões mais técnicas.

Para evitar problemas com as entidades financiadoras ou com os consumidores das suas edificações, sempre siga as determinações dos respectivos PSQs.

Facebook Comments